"A Felicidade na tua vida é directamente proporcional ao grau de ajuda oferecida aos outros no mundo"

terça-feira, 26 de outubro de 2010

A PERFEIÇÃO NÃO É DESTE MUNDO



(...)Muitos Mestres fazem isso. No momento em que sentem que se estão tornando completamente perfeitos, prendem-se a alguma imperfeição só para continuar aqui. Caso contrário esta margem não é mais para eles. Se todas as amarras se romperam, seus botes rumam para outras margens, não podem permanecer mais aqui.

Assim eles mantêm alguma amarra, algum relacionamento, encontram alguma fraqueza em si mesmos e não permitem que ela desapareça. Desse modo, o círculo não é completado, uma lacuna permanece. Através dessa lacuna, eles continuam aqui.

É por isso é que os hindus,os budistas e os jainistas, por terem conhecido muitos mestres sabem que a perfeição não é deste mundo. No momento em que o círculo se completa desaparece dos seus olhos. Você não o pode ver, não está na sua linha de visão, está além - lá você não consegue penetrar.

Mas para dizer que Jesus já era perfeito quando nasceu, para enfatizar este facto, os cristãos tiveram de deixar de lado todos os registos. Jesus buscava tanto como você, era uma semente de mostarda como você. Tornou-se uma árvore, uma grande árvore, e milhares de pássaros do Céu se abrigaram Nele - mas também foi uma semente de mostarda.

Lembre-se que Mahavira, Buda e Krishna também nasceram imperfeitos porque o nascimento pertence à imperfeição. Não há nascimento para o que é perfeito. Quando alguém é perfeito não existe transmigração.

Osho " A semente de mostarda"

Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Facebook Themes